Nós podemos receber uma comissão quando você efetuar uma compra usando os links em nosso site.

UltraVPN é bom (2023)? Os 10 prós e 3 contras

Por Tibor Moes / Novembro 2022 / Nota 5 de 5

UltraVPN é bom (2023)? Os 10 prós e 3 contras

UltraVPN é bom (2023)?

O UltraVPN é uma VPN rápida e acessível, com um gerente de senhas.

O UltraVPN é rápido e acessível. Ele também tem servidores em 85 países, uma política clara de no-logs, trabalha com todos os serviços de streaming, permite torrenting, e inclui um gerenciador de senhas e um scanner web escuro.

É mais barato que o NordVPN, que também inclui um gerenciador de senhas. Mas mais caro do que o CyberGhost, que não tem um. Portanto, se o senhor quiser uma VPN rápida com um gerente de senhas, o UltraVPN é uma excelente escolha.

Recomendamos vivamente o UltraVPN. 

UltraVPN Pros:

  • Muito rápido. O UltraVPN é uma VPN de alta velocidade, graças ao protocolo Hydra VPN da Aura, rápido e seguro.
  • Todas as obras serão servidas por Servidores de Streaming. O UltraVPN trabalha com todos os serviços de Streaming, inclusive Netflix, Disney, Hulu, e mais.
  • Permite a torrente. O UltraVPN permite o torrenting via clientes P2P, tais como BitTorrent e uTorrent.
  • 5 Conexões simultâneas. O UltraVPN permite que o senhor proteja até 5 dispositivos ao mesmo tempo.
  • Política de não-alternamento. O UltraVPN tem uma política clara de “não-logs”. Ele não rastreia suas atividades de navegação nem registra seu endereço IP.
  • 830 Servidores em mais de 85 países. O UltraVPN tem servidores em 88 países. No entanto, não diz quais deles são servidores virtuais.
  • Desenho. O projeto do UltraVPN é intuitivo e direto. Mesmo os principiantes protegerão sua privacidade em segundos.
  • Senha grátis Gerente. O UltraVPN inclui um gerente de senhas gratuito, chamado PassWatch, que trabalha com iOS, Android, Chrome, e Edge.
  • Free Dark Web Scanner. O UltraVPN também inclui um Dark Web Scanner gratuito que pode pesquisar seus endereços de e-mail e senhas.
  • Características de privacidade. O UltraVPN inclui todas as características importantes de privacidade, como um interruptor de matar, túnel dividido, proteção contra malware, e proteção contra vazamentos.

UltraVPN Cons:

  • Opções mais baratas. Se o senhor não precisa de um gerente de senhas, há opções ainda mais baratas, como o CyberGhost.
  • Opções mais avançadas. O UltraVPN não tem extensões de navegador, servidores de RAM, ou dupla VPN como o NordVPN.
  • Não funciona com Linux, Routers e Smart TVs. UltraVPN só funciona em Windows, Mac, Android, e iOS. Não tem extensões de navegador.

O preço do UltraVPN varia conforme a região. Clique no botão para vê-lo no seu.

Especificações do UltraVPN
Classificação
5.0 ★★★★★
Streaming
Netflix, Amazon, Disney, Hulu, HBO, Apple, BBC, e mais
Torrenting (P2P)
Permitido
Logging
Não há registros
Sistemas operacionais
Windows, macOS, Android, iOS
Servidores e países
830 Servidores em mais de 85 países
Conexões simultâneas
5
Preço por 1 Mês
$ 7.99
Preço por 1 ano
$ 59.88
Forma de pagamento
Cartão de crédito e Paypal
Garantia de devolução do dinheiro
30 dias

Privacidade e Segurança

Quais os elementos de privacidade e de segurança que testamos?

Testamos 7 elementos diferentes. Abaixo pode ler exatamente o que cada elemento é, porque é que é importante, e como é o desempenho do UltraVPN.

  1. Política de registo
  2. Jurisdição
  3. Protocolo
  4. Encriptação
  5. Servidores próprios de DNS
  6. Teste do Kill Switch
  7. Teste de fuga de informação

1. Política de Registo

Como é que é a Política de registo do UltraVPN?

O UltraVPN tem uma política de tronco zero: Ele não registra seu endereço IP, histórico de navegação ou dados de tráfego.

Ela só coleta as seguintes informações para fornecer ao senhor suporte ao cliente e para resolver problemas técnicos:

  • Dados da conta: Nome, endereço de e-mail e informações sobre pagamento.
  • Dados sobre o uso: Quais aplicações UltraVPN o senhor usa, se criou uma conexão VPN bem sucedida, a qual local VPN o senhor se conecta (mas não o endereço IP atribuído), e de qual país / ISP o senhor se conecta (mas não seu endereço IP de origem).
  • Dados diagnósticos: Relatórios anônimos de colisões, diagnósticos de usabilidade e diagnósticos de conexão VPN.
  • Acontecimentos de dispositivos: Um hash de dispositivo é uma identificação aleatória que identifica seu dispositivo. Estes não estão ligados a suas atividades on-line ou à sua identidade. Estes são usados porque nem todos os produtos do UltraVPN requerem uma conta. E sem hashes, ele não pode diferenciar entre os usuários.

No entanto, poderá compartilhar informações de sua conta com outras companhias do Grupo Aura, que é o proprietário do UltraVPN. Portanto, o senhor poderá receber alguns e-mails promocionais e de marketing, como descrito na política de privacidade.

Você fica anônimo online ao usar o UltraVPN.

O que é a Política de registo e porque é importante?

Registos são as informações que um fornecedor de VPN guarda sobre você e sobre a sua atividade online. Num mundo perfeito, um fornecedor VPN não deveria guardar qualquer tipo de informação. Mas, não vivemos num mundo perfeito.

Para otimizar o seu serviço, todos os fornecedores de VPN precisam de recolher alguns dados. Isto é feito para manter a melhor performance do servidor e para evitar abusos. A quantidade de dados recolhidos para atingir este objetivo varia de fornecedor para fornecedor.

Existem 4 tipos de informação que um fornecedor VPN pode guardar sobre você. Variando de inofensivo a perigoso, estes são

  • Dados do serviço VPN: o servidor de VPN a que se conecta, o seu sistema operativo e a versão da aplicação que está a usar.
  • Dados de conexão: datas e alturas em que você se conecta e desconecta, quanto tempo usa o serviço, e qual a quantidade de dados que carrega e descarrega.
  • Endereço de IP original: endereço de IP do dispositivo que usa para se conectar ao serviço VPN. Isto pode ser usado para saber a sua localização.
  • Atividade online: os sites que visita, pesquisas que efetua, serviços que usa. Basicamente o seu histórico do navegador.

Os primeiros dois pontos, dados de serviço e de conexão, são inofensivos. Especialmente quando são recolhidos de uma forma anónima, em que toda a informação de todos os utilizadores é agrupada junta. Dessa forma, o fornecedor VPN pode otimizar o desempenho do seu serviço, enquanto os utilizadores continuam anónimos. Muitos fornecedores VPN recolhem este tipo de data.

O terceiro ponto, recolha do seu endereço de IP original, não é uma ofensa grave, mas muitos utilizadores não gostam. Afinal, você usa um VPN para ser anónimo, e isso significa que o fornecedor de VPN também não necessita de saber a sua localização atual.

O último ponto, a sua atividade online, é o assunto mais importante para o qual deve ter atenção. Se um fornecedor VPN recolhe esta informação, é um grande sinal de alerta.

Nenhum dos fornecedores VPN que recomendamos recolhe este tipo de informação, mas existem vários VPNs grátis que o fazem. Depois vendem esta informação para coletores de dados. É por isso que não recomendamos VPNs grátis.

A maior parte dos fornecedores VPN diz ter uma política de não recolha de dados. Mas não existe nenhuma referência que diz o que isto realmente significa. Portanto, tenha cuidado e leia a política de privacidade ou visite sites de análises antes de comprar.

2. Jurisdição

Qual é a jurisdição do UltraVPN?

Em 2020, o UltraVPN foi vendido para a Aura.

Aura está registrada nos Estados Unidos com o nome “Intersections Inc”. Se você for dos Estados Unidos, a Intersections Inc cuidará de seus dados.

Se você mora fora dos Estados Unidos, seus dados são gerenciados pela Pango GMBH. Uma empresa afiliada, registrada na Suíça.

Os Estados Unidos não são um país favorável à privacidade. Felizmente, a Aura tem uma política de privacidade muito clara e não rastreia nada que você faça online.

O que é a jurisdição e o porque é importante?

A jurisdição é o país no qual um fornecedor de VPN está incorporado. Como todas as empresas tem de aderir ás regulações do estado, e isto é importante.

Alguns países, comos os EUA, Austrália e muitos membros da EU, tem leis restritas no que toca ao armazenamento de dados. Estas exigem que os ISPs (fornecedores de internet) guardem dados de utilizadores como os emails enviados e sites visitados.

Ao usar um VPN, os dados enviados na conexão com o ISP são encriptados. Por isso, não se consegue ler, ou recolher qualquer informação sobre você. Isto é uma das razões principais para as pessoas usarem um VPN: para evitar a vigilância em massa.

Algumas pessoas temem que os fornecedores de VPN também sejam obrigados a recolher dados dos seus utilizadores devidos a estas leis. No entanto, um VPN é um fornecedor de internet privado, e não público como um ISP. Portanto, não se cinge ás mesmas regras. Sumariamente: um VPN não precisa de recolher quaisquer dados.

Claro que as agências governamentais são instituições muito sofisticadas e conseguem arranjar outras maneiras de recolher os dados que desejam. Por exemplo, nos EUA, as agências federais podem emitir intimações secretas, como a National Security Letter, permitindo confiscar os registos do VPN ou de servidores inteiros.

E estas não são teorias paranoicas da conspiração, mas cenários bem reais. Por exemplo, em 2013, o fornecedor de email encriptados Lavabit preferiu fechar as portas do que vender dados de Edward Snowden para a NSAE em 2016, a Private Internet Access encerrou os servidores russos, em vez de aderir ás regras de registo locais. Portanto, as agências governamentais estão sempre a tentar confiscar dados.

De maneira a evitar estes tipos de problemas relativos á privacidade, os utilizadores podem fazer uma de duas coisas, ou mesmo as duas:

  • Escolher um fornecedor VPN num país que não possua leis de retenção de dados e que não pertença a nenhum tratado de inteligência internacional como a UKUSA. Basicamente: vá para o estrangeiro. Por exemplo, NordVPN está incorporado no Panamá e o ExpressVPN nas ilhas virgem britânicas.
  • Escolher um fornecedor VPN que tenha uma política de não retenção de dados e que não guarde a sua atividade online, como os sites que visita, serviços que usa e pesquisas que faça. No final das contas, o que não tem, não pode dar.

3. Protocolo

Que protocolos é que o UltraVPN usa?

O UltraVPN lhe dá as opções do IKEv2 e do protocolo de criptografia de propriedade da Aura Hydra VPN (anteriormente chamada Catapult Hydra).

Embora a Hydra VPN não seja de código aberto como a OpenVPN, ela é inspecionada por muitas empresas de segurança terceirizadas como Bitdefender, Panda, e Kaspersky.

Isso porque a Hotspot Shield, a companhia irmã da UltraVPN, é a provedora de tecnologia VPN para essas companhias. Portanto, se o senhor usar a VPN da Bitdefender, estará usando o mesmo protocolo VPN.

O que é um Protocolo e porque é importante?

Um protocolo VPN define como os dados são formatados e transmitidos numa conexão, como a internet ou uma rede local (LAN). Existem alguns protocolos com diversos graus de velocidade e segurança. Geralmente falando, o OpenVPN é considerado o mais seguro, á frente de SSTPL2TPIKEv2, e PPTP.

4. Encriptação

Qual a encriptação que o UltraVPN usa?

UltraVPN a encriptação mais segura: AES-256.

O que é a encriptação e porque é importante?

Encriptação significa a transformação de uma informação legível em rabiscos não legíveis. Esta encriptação é feita usando uma chave de encriptação, e apenas as entidades com acesso á chave podem decifrar e ler a informação.

O padrão de excelência é a Advanced Encryption Standard (AES). Dentro da indústria VPN é geralmente usado com um comprimento de chave duplo: AES-128 e AES-256. Embora AES-128 já seja considerado inquebrável, AES-256 é ainda mais seguro.

5. Próprios servidores DNS

UltraVPN usa os seus próprios servidores DNS?

Sim, o UltraVPN usa os seus próprios servidores DNS.

What are DNS servers and why does it matter?

Quando visita um site como o Facebook.com, na realidade visita um grande conjunto de números, chamado de endereço de IP. Como esses números são muito complexos para nós humanos nos lembrarmos, inventámos os nomes de domínio (como por exemplo “Facebook.com”).

Um servidor DNS é como uma operadora de telefone da internet. Guarda uma série de nomes de domínio com os seu IP correspondente. E quando digita o nome do site que quer visitar, este leva-o para o endereço de IP certo.

Quando um servidor de VPN usa o seu próprio servidor DNS, este processo é encriptado no mesmo Túnel-VPN com o resto das atividades online. Isto significa que não está á vista de entidades terceiras ou não pode ser intercetado e censurado pelos governos e organizações.

6. Teste do Kill Switch

Does UltraVPN’s use a kill switch?

Sim, o UltraVPN usa um interruptor para matar (kill switch).

O que é um Kill Switch e porque é importante?

Um kill switch é uma funcionalidade de segurança que automaticamente pára a conexão á internet se a conexão segura do VPN não estiver ativa. Isto é uma funcionalidade importante, pois faz com que a sua atividade online esteja escondida se a sua conexão VPN falhar por alguma razão.

7. Fuga de Informação

O UltraVPN tem fuga de informação?

Não, o UltraVPN não deixa que haja fuga de informação.

O que é a fuga de informação e porque é importante?

Uma fuga acontece quando um VPN permite que parte dos seus dados sejam visíveis mesmo que a sua conexão VPN esteja ativa. As fugas mais comuns são as fugas de DNS, fugas de IP, Fugas de WebRTC e do Windows Credential Leak.

Velocidade

Qual foi a pontuação do UltraVPN no teste de velocidade?

O UltraVPN é um VPN rápido. Durante os testes de velocidade na Europa Ocidental, descobrimos que a velocidade de download foi reduzida em 15%. O que é uma diferença que quase não vai notar. Testámos 3 servidores diferentes em Londres e Frankfurt e descobrimos que todos eles eram muito rápidos.

Acima de tudo, os tempos de conexão ao servidor foram também rápidos. Foi apenas a demora entre carregar em “conectar” e o momento em que a conexão VPN foi estabelecida. Chame-nos impacientes, mas esperando no seu telefone ou computador durante 10 segundos por uma conexão que se estabeleça é simplesmente aborrecido. Felizmente, o UltraVPN estabeleceu uma conexão quase instantaneamente.

Para concluir: o UltraVPN é uma escolha sólida se gostar de ver filmes, descarregar torrentes (P2P), jogar jogos ou simplesmente pesquisar na internet anonimamente, mas a altas velocidades.

O que é um teste de velocidade e porque é importante?

As conexões VPN abrandam a sua atividade online. Não há como negar. É simplesmente o preço que paga por encriptar os seus dados e encaminhá-los através de um servidor VPN.

Isto pode ter um impacto no tempo que demora a descarregar ficheiros, na qualidade do stream do Youtube e Netflix e o quão rápido as páginas carregam.

Felizmente, existem algumas coisas que pode fazer para melhorar a velocidade: 

  • Compre um VPN rápido. Existem grandes diferenças de velocidade entre os fornecedores VPN. Por exemplo, Hotspot Shield é super-rápido e quase não tem impacto negativo na velocidade, enquanto que o Tunnelbear é horrivelmente lento.
  • Escolha um VPN perto de si. Quase todos os VPNs permitem que escolha o servidor. Quanto mais perto estiver de si, menos distância os dados tem de viajar. Isto é bom para a velocidade de download e para a latência.
  • Teste alguns servidores. Não aceite apenas aquele que lhe é automaticamente atribuído pelo fornecedor VPN. Muitas das vezes, esta não é a opção mais rápida. Em vez disso, conecte-se to a alguns servidores, faça uns testes de velocidade e selecione o servidor mais rápido. Isto pode fazer uma grande diferença.

 

Características

Quais as funcionalidades que testamos? 

Testamos 5 elementos diferentes. Abaixo pode ler exatamente o que cada elemento consiste, porque é importante e qual o desempenho do UltraVPN.

  1. Localização dos servidores
  2. Plataformas e dispositivos
  3. Número de conexões
  4. Streaming e Torrenting
  5. Contorno da censura

1. Localização dos servidores

Onde estão localizados os servidores do UltraVPN?

O UltraVPN oferece 830 servidores em 114 localidades em 81 países no mundo inteiro. Com uma dispersão entre América do Norte, América do Sul, Europa, África, Ásia e Oceania, a maioria dos usuários encontrará um servidor nas proximidades.

No entanto, o UltraVPN não especifica quais servidores estavam fisicamente localizados dentro do país e quais eram servidores virtuais (servidores que dão ao senhor um endereço IP local enquanto o servidor está localizado em outro lugar).

O que é a localização dos servidores e porque é importante?

 Por localização dos servidores, queremos dizer os países a que se pode conectar através do VPN. A maior parte dos VPNs tem servidores em mais ou menos 30 países pelo mundo. Alguns oferecem a possibilidade de selecionar um servidor ao nível do país, enquanto que outros permitem que selecione um servidor ao nível da cidade. Por exemplo, Nova York ou Los Angeles dentro dos Estados Unidos.

Isto importa porque os seus dados precisam de viajar desde o seu dispositivo para o servidor VPN antes de conseguir conectar-se á internet. Portanto, se estiver em França, e conectar-se a um servidor na Austrália, isto irá abrandar a conexão um pouco. Ao ter diversas localizações de servidores, quase todos os utilizadores conseguem encontrar um que esteja mais perto.

2. Plataformas e dispositivos 

Quais as plataformas e dispositivos suportados pelo UltraVPN?

O UltraVPN oferece aplicativos para Windows, Mac, Android, e iOS. Ele não suporta Linux e não oferece nenhuma extensão de navegador.

O que são plataformas e dispositivos e porque são importantes?

Plataformas são sistemas operativos, navegadores de internet e dispositivos para os quais o fornecedor VPN oferece aplicações. Por exemplo, enquanto que muitos dos fornecedores VPN oferecem aplicações para Windows, Mac OS, Android e iOS, apenas alguns incluem Linux. Alguns vão ainda mais longe e permitem a instalação diretamente no router e oferecem extensões de navegadores como o Chrome, Firefox e Safari.

No que toca ás extensões para navegadores, você deve verificar se as extensões funcionam como um servidor proxy, servidor proxy com encriptação ou um VPN por inteiro, pois a diferença é importante: 

  • Servidor proxy: se a sua extensão VPN funcionar como um proxy, o seu endereço de IP está disfarçado. Isto significa que os sites que visita vão pensar que está no país do seu servidor VPN. Isto pode dar jeito para desbloquear séries americanas no Netflix, por exemplo. No entanto, os seus dados não estão encriptados e continuam vulneráveis a serem vistos pelos ISPs e hackers.
  • Servidor proxy com encriptação: se a extensão possuir encriptação, os dados enviados através do seu navegador estão totalmente encriptados. Isto faz com que seja ilegível para os ISPs e hackers. No entanto, o resto das suas atividades online, como as aplicações de streaming, tipo Spotify, continuem sem estar encriptadas.
  • Se a sua extensão controla totalmente a aplicação VPN, todas as atividades online estão encriptadas no túnel VPN, e o seu endereço de IP está oculto. Isto permite mudar as definições do VPN sem sair do seu navegador.

3. Número de Conexões

Quantas conexões simultâneas é que o UltraVPN suporta?

O UltraVPN permite 5 conexões simultâneas.

O que é o número de conexões e porque é importante?

O número de conexões indica quantos dispositivos podem estar simultaneamente protegidos pela sua subscrição VPN. Para a maior parte dos utilizadores, 3 conexões são mais do que suficientes, pois permite que proteger o seu telefone, computador portátil e tablet. No entanto, se quiser partilhar um VPN com a família ou com um amigo, ter mais conexões pode ajudar.

4. Streaming e Torrenting

O UltraVPN suporta streaming e torrenting?

O UltraVPN é uma VPN perfeita para o streaming. Ele funciona em todas as principais plataformas de transmissão, incluindo Netflix (em muitos países), Amazon Prime Video, Disney+, Hulu, HBO Max, BBC iPlayer, e Apple TV.

Além disso, o UltraVPN permite que o senhor faça o download de torrents através de clientes torrent como BitTorrent e uTorrent.

O que é streaming e torrenting e porque é importante?

Se não viver nos EUA e quiser ver séries americanas no Netflix, um VPN pode ajudar. Ao ligar-se a um servidor VPN americano, e depois aceder ao Netflix, todos os filmes e séries locais serão mostrados. Isto também é prático para os americanos que estão no estrangeiro.

Outra vantagem de um VPN é o facto de poder fazer download de torrentes. Pois a sua conexão é completamente encriptada e o seu ISP não consegue ver o que está a fazer online e não pode puni-lo por usar serviços P2P.

5. Contorno da Censura

O UltraVPN consegue contornar a censura?

O UltraVPN às vezes trabalha na China. Ao contrário da maioria dos serviços de VPN, ele pode contornar o grande firewall da China. Infelizmente, porém, não é muito consistente.

O que é a censura e porque é importante?

Á fácil de esquecer quando vive num pais ocidental, mas ainda existe uma quantidade surpreendente de países que censuram a internet. O mais conhecido é a grande firewall da China.

Um VPN é uma ótima maneira de contornar a censura, mas nem todos os VPNs funcionam em todos os países. Como a China tem regulações muito rígidas que afetam a maior parte das pessoas, usamos este pais com um caso de teste para ver se os fornecedores VPN conseguem evitar a censura.

Se quiser saber mais sobre censura online, recomendamos que leia estas fontes de informação: 

 

Perguntas mais freqüentes

Abaixo estão as perguntas mais freqüentes sobre o UltraVPN.

O que é UltraVPN?

O UltraVPN é um serviço VPN acessível com um gerente de senhas. Ele ajuda os usuários a restaurar sua privacidade on-line com aplicativos fáceis de usar e com um design bonito.

O UltraVPN está livre?

O UltraVPN não é de graça. É um serviço pago de VPN que começa em US$ 2,99 por mês, se o senhor assinar um contrato de dois anos.

O UltraVPN é seguro?

O UltraVPN é muito seguro. Ele usa excelente tecnologia de privacidade, como a criptografia AES-256, o protocolo Hydra VPN, e um interruptor de matar.

Tibor Moes

Tibor Moes

Fundador e Editor Chefe do SoftwareLab

Tibor é um engenheiro e empresário holandês. Ele tem testado o software de segurança desde 2014.

Ele usa Norton para proteger seus dispositivos, CyberGhost por sua privacidade, e Dashlane para suas senhas.

Este website está hospedado em um servidor da Digital Ocean via Cloudways e é construído com DIVI no WordPress.

O senhor pode encontrá-lo no LinkedIn ou entrar em contato com ele aqui.